Pesquisar este blog

Follow by Email

DIREITOS AUTORAIS

Licença Creative Commons
POESIAS BY ADÉLIA CARVALHO DOS REIS de ADÉLIA CARVALHO DOS REIS é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil.
Baseado no trabalho em poesiasbyadeliacdosreis.blogspot.com.br.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://poesiasbyadeliacdosreis.blogspot.com.br/.

Total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de julho de 2012

O CANTO DAS ÁGUAS

Alma faminta segue as veredas da decoração
Ao som das águas incessantes
Sentimentos ocultos e exuberantes
Borboletas pousam no alto da minha visão.

Canção suave se dissolve em bosques distantes
Sonhos desfeitos deslizam em meu rosto
Assedio tua pele para esculpir o futuro e,
Sobre as pedras calar à força dos desejos ardentes.

Emoções no abismo estendem corredeiras além montanhas
Com o coração em silêncio para florescer vivente
Refletir o que sou sem laços, sem medidas
Encontrar-me no teu luar, refazer o presente

Tela contemplada pela natureza em sintonia
Sob árvores secas ao destemido inverno
Em brancas nuvens o céu azul a desenhar
Um vasto oceano de mulher a expressar

É fora o que vejo o que sinto dentro de mim
Meu segredo escuro quer enxergar
Fazer morada e no final do tempo brotar
Entender que para amar é preciso se entregar

Seguir encontros e desencontros
Estradas, pôr do sol e sinais
O ontem em esperanças desfeitas
O hoje mutável vivido outra vez

Invade as águas o meu passado
Minha completa insensatez
Em querer um bem querer
Distante, incoerente ao meu viver

Despede-se o sol, aquecendo minha alma
O mundo desvendar, em travessias atravessar
Calorosamente agasalhar as surpresas ao anoitecer
Em sonhos com as estrelas, aguardar o que será de mim ao amanhecer.
          Adélia Carvalho Dos Reis


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoraria saber o que você sente quando lê minha postagem!...